NOTÍCIAS
11/09/2017 | 17h34

Lançamentos

Mercedes-Benz traz ao Brasil novo sedã Classe S

Modelo com preço inicial de R$ 769,9 mil recebe motor V8 de 469 cv


REDAÇÃO AB

A Mercedes começa a trazer ao Brasil o novo Classe S. O carro recebeu mudanças no design externo e interno e traz inovações em equipamentos, com destaque para um novo motor. O carro tem preço sugerido de R$ 769,9 mil, equivalente à versão S 560 L.

Seu motor V8 biturbo produz 469 cavalos e consome 10% menos gasolina que o modelo anterior. Para reduzir o consumo ocorre a desativação de quatro cilindros do novo V8 quando em uso moderado do acelerador. A transmissão é automática de nove marchas.

A Mercedes utilizou teclas sensíveis ao toque no volante, que reagem a movimentos de arrasto, como a tela de um smartphone. Esses botões permitem que o motorista controle todo o sistema de informação e entretenimento sem tirar as mãos do volante.

A central multimídia também pode ser operada por um touchpad no console central. A utilização do controle de velocidade de cruzeiro (piloto automático) e do Distronic (sistema que regula a distância dos veículos à frente) conta agora com ajustes diretamente no volante.

A lista de itens de segurança inclui assistência a ventos laterais, Attention Assist (que percebe desatenção ou sonolência) e Active Steering Assist, capaz de ajustar automaticamente a velocidade antes de curvas fechadas ou cruzamentos.

Além do S 560 L, a Mercedes também importa duas outras opções. A AMG S 63 4Matic, com tração integral, recebe motor V8 AMG 4.0 também com desativação de cilindros, mas produz 612 cv. Segundo a fabricante ele substitui um 5.5 V8 biturbo. O preço sugerido para o carro é de R$ 974,9 mil.

O outro, topo de linha, é o Mercedes-AMG S 65 L, que recebe um motor de 12 cilindros e 630 cv. O preço de tabela é de R$ 1.166.900.

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 18/10/2017
Medidas simples e novos estudos ajudam na redução de emissões de CO2

Esta coluna é apoiada por:

Documento sem título
Advertisement Advertisement Advertisement
AUTOINFORME | 19/10/2017
Hyundai produz em Ulsan 1,5 milhão de carros por ano
DE CARRO POR AÍ | 13/10/2017
Com Jumpy, marca avança em novo território
Novas palavras, expressões e siglas podem levantar dúvidas sobre o futuro
INOVAÇÃO | 15/08/2017
Indústria automotiva precisa abrir os olhos para novas formas de trabalhar
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes